domingo, 24 de agosto de 2014

Águia ou Abutre?



Nas traduções da Bíblia em português, o texto de Êxodo 19.4 diz:

Vós tendes visto o que fiz aos egípcios, como vos levei sobre asas de águias, e vos trouxe a mim;
(Almeida Corrigida e Revisada Fiel)


vistes o que fiz aos egípcios, e como vos tenho trazido sobre asas de águia para junto de mim.
(versão católica)


Vocês viram o que fiz ao Egito e como os transportei sobre asas de águias e os trouxe para junto de mim.
(Nova Versão Internacional)


Mas no texto hebraico, o termo não é "águia" e sim, "abutre" como bem traduz a versão mais literal de André Chouraqui:

"Vistes o que fiz a Misraîms e como vos trouxe sobre asas de abutres para vos fazer vir a mim"

 O autor bíblico provavelmente está se referindo ao Gyps fulvus, este bicho aqui embaixo.



Segundo  “The Ten Commandments: A Short History of An Ancient Text”, de Michael Coogan, Por que comparar o Senhor Deus a um comedor de carniça? Bem, porque o folclore sobre esses bichos entre os antigos israelitas dizia que, quando os filhotes começavam a aprender a voar, pulando do ninho, os pais rapidamente saíam voando por baixo e apoiavam os abutrezinhos nas suas costas, até que seus músculos estivessem suficientemente desenvolvidos para baterem as asas sozinhos. É uma metáfora de solicitude, portanto — apesar da comparação aparentemente pouco lisonjeira. 


__________________________
citado por Reinaldo Blog, da Folha SP

Um comentário:

  1. Muito interessante essa observação do autor e que deve ser levada em conta nas futuras atualizações bíblicas. Ou pelo menos, na hipótese de se considerar o termo águia como algo genérico, pode-se pensar em incluir uma nota nos comentários ao texto já que o detalhe tem de fato importância e pode inspirar belíssimos sermões. Aliás, a própria experiência dos filhos de Israel no deserto relaciona-se diretamente com a ideia de quando o filhote começa a voar. Ou seja, naquela peregrinação pelo Sinai, o Eterno teria ensinado ao seu povo a caminhar com maturidade, coisa que Deuteronômio 8 talvez possa explicar.

    ResponderExcluir